Pés Descalços


Boa noite meus amores


Hoje vou falar de mais um livro da Editora Chiado. Meu último livro foi do autor Ivan Bittencourt Jr. Hey, panda. Vamos fugir? Eu realmente fiquei louca nesse livro. Então descobri que o Ivan tinha escrito outro e pedi a editora que me enviasse. Não foi pra menos, GAMEI. Ivan escreve muito bem, é de uma simpatia e simplicidade para escrever que poucos têm. Esse foi seu primeiro livro.

Bom o livro que escolhi foi Pés Descalços. Um livro maravilhoso para ler e dar de presente. Aquele livro que faz você refletir sobre a vida, sobre suas escolhas, sobre como viver melhor cada dia que estamos aqui na terra. Ivan sabe muito bem colocar as palavras no momento e na hora certa. Eu me encontrei em vários momentos da leitura, me vi em varias situações colocada pelo personagem. È uma história encantadora.
Vou falar um pouco sobre essa linda história, mas já vou logo avisando que não vou dar spoiler e acho MUITO importante que você adquira o livro, porque cada um vai viver a história de uma forma diferente e tenho certeza que será única e encantadora.


“Acho que não deveríamos fazer um pedido somente quando vemos uma estrela cadente, mas sim todos os dias quando o sol se pôr, pedir um novo dia ao lado de quem a gente ama.”


Tudo começa com a chegada de Leo, um menino do interior, que vem para a cidade estudar na faculdade. Leo consegue ficar em uma casa que sua madrinha conseguiu para ele até que o mesmo se organize e alugue algo para si próprio. E é nessa casa que Leo conhece Ana, Julia e Bernardo. Por um tempo eles serão sua família, já que seus pais ficaram na fazenda no interior da cidade. Só que nessa casa a tristeza é algo muito forte e permanente, pois a família tinha acabado de perder uma pessoa muito especial, Ricardo, que era o amor de Ana e o pai de Julia e Bernardo.
Leo chega nessa casa para fazer uma diferença enorme na vida dessa família. Aos poucos ele vai entendendo cada um e tentando de todos os jeitos ajuda-los a passar por essa fase. Mas Leonardo também tem suas tristezas e dificuldades. E juntos vão tentar se erguer para seguir em frente.
È claro que nessa história não poderia faltar um grande amor, pois Ivan é assim, super romântico para escrever. Além de falar sobre a perda de alguém próximo, amores verdadeiros. Ivan também fala um pouco sobre a política que vivemos e esse meio tecnológico que às vezes nos prende de uma forma que não conseguimos enxergar quem é que está ao nosso lado.


“O que importa fazer hoje é aquilo que não nos arrependeremos de ter se deixado para fazer amanhã.”


Falando um pouco sobre o titulo do livro “Pés Descalços” é algo muito sugestivo. No mundo em que vivemos precisamos muitas vezes descalçar nossos pés, precisamos desapegar de coisas inúteis e viver mais intensamente os prazeres simples que a vida nos proporciona. As vezes olhar o nascer ou o pôr do sol pode fazer uma grande diferença em nossas vidas. Então não deixe para amanha o que você pode fazer hoje. Viva cada dia intensamente e diga sempre o que sente para o outro porque senão pode ser tarde demais.

Como eu havia falado no outro post o autor tem um canal no youtube, vou deixar aqui um video onde ele fala sobre o livro e se vocês estiverem a fim de se inscrever fiquem a vontade.



Sobre o autor - Ivan Bittencourt Jr

É gaúcho e mora em Guaíba. Em 2015 lançou pela Chiado Editora o seu primeiro livro, Pés Descalços, e até hoje as pessoas continuam achando que ele não usa calçado. Mas é claro que usa! Pés Descalços é apenas uma metáfora sobre a quantidade de coisas que a gente precisa se descalçar hoje em dia. Agora, com o livro Hey, Panda, vamos fugir? não vão ficar pensando que ele vá mesmo convidar um panda pra fugir, tá? É cristão e trabalha na área de Gestão de Pessoas, e mesmo podendo parecer clichê, Ivan acredita no amor verdadeiro para sempre. Em seus livros, videos, blog e nas redes sociais, convida o leitor para uma viagem sobre a simplicidade da felicidade.

Website do autor: http://www.ivanbittencourtjr.com/

Onde comprar o livro: Chiado Editora

Nenhum comentário:

Postar um comentário