Hades


Olá gente

Vamos ao segundo livro da Trilogia de Halo de Alexandra Adornetto. Bom não vou falar muita coisa para não estragar a surpresa de toda a história. Como o nome já é sugestivo e segundo livro fala sobre o inferno, então noventa por cento da história se passa no inferno.


O amor de Xavier e Beth só aumentava e ficava cada vez mais forte. Os dois faziam tudo junto. Beth estava tão apaixonada por Xavier que mantinha sob seu travesseiro uma camisa de seu amor banhada com o perfume dele. O amor deles era correspondido e Xavier mostrava ser romântico cavaleiro. E é ai que o amor deles é posto em prova mais uma vez. Tudo acontece na bela noite de Halloween. As amigas de Beth resolvem fazer a velha brincadeira do copo e é ai que elas conseguem trazer de volta alguém que Beth tinha achado que havia morrido. Jake volta das trevas e leva Beth consigo. Ai vocês irão me perguntar mais quem é Jake? Então ele aparece no primeiro livro como um ser misterioso, um menino conquistador. Jake é na mais que o filho de Lúcifer, um demônio. Muita coisa acontece no inferno, com Jake e Beth. Xavier, Gabriel e Ivy tentam de todas as formas de trazer Beth de volta, mas a tarefa não é fácil.

No inferno Beth viu muita coisa ruim. E claro que não teria coisas boas para ser ver no inferno, mas que me chamou atenção foi como a autora conseguiu descrever com muita intensidade a vivência das almas neste ambiente. Então escolhi um trecho bem marcante sobre esse submundo.

“(...) Os atormentadores vestiam uma armadura de couro e calçavam botas. Alguns estavam encapuzados, como executores. Os atormentados estavam nus ou vestiam farrapos. Nas paredes de terra estavam dependurados diversos artifícios de metal criados para causar dor. (...) No fundo da cratera, havia tonéis de óleo fervendo e carvão em brasa. Avistei corpos acorrentados a postes, dependurados em vigas e amarrados em aparelhos cruéis. As almas gritavam e uivavam, mas os torturadores seguiam com o trabalho incessante. (...) Outro homem foi atacado a um poste, e seus olhos estavam voltados para o alto, em súplica. Num primeiro momento, não notei que aquela coisa amarela que pendia da sua coxa era a própria pele. Ele estava sendo esfolado vivo.”

Acontece de tudo nesse ambiente assustador, mas os irmãos de Beth e seu amor Xavier não desistiram de tê-la novamente em suas vidas. A batalha continua e eles irão fazer de tudo para conseguir. Até mesmo entrar no inferno.

Tem uma música que é mencionada no livro que diz exatamente o que Beth e Xavier estão vivendo nesse momento. A canção é a respeito de um casal cuja luta para sobreviver aos tempos difíceis. Então vou deixa-la aqui para que vocês possam sentir e ouvi-la e viver um pouco esse momento que o casal viveu. Até o próximo post.


Nenhum comentário:

Postar um comentário