Em busca das Borboletas - Volume II

Boa tarde meus queridos leitores
Mais uma resenha de um livro publicado pela Chiado Editora.
Depois da emocionante história do primeiro livro Margarida Pizarro vem com tudo no segundo. Juntando os dois livros da em torno de 874 páginas de muita leitura, mas com uma história completa e maravilhosa. Margarida conseguiu escrever sem ser monótona, fez com que a historia ficasse cada vez melhor. Acho bem difícil conseguir administrar isso, não é para muitos.
O segundo volume continua a linda historia de Maria e suas borboletas. Maria e Dale passam por muitos altos e baixos no seu relacionamento. Mas ela sabe que pode sempre contar com suas mosqueteiras e sua família. A história de Maria não é muito diferente de outras histórias. A autora explora bem o cotidiano de uma vida simples de uma pessoa batalhadora. Porém a vida de Maria ganha uma reviravolta quando seu bad boy está na corrida para Mayor.
A leitura do livro é bem fluida e gostosa de ler. Pois a riqueza de detalhes existente é maravilhosa. Margarida explora bem a parte politica de New York e também a vivência de uma pessoa que passa de uma vida privada para uma vida pública. Têm um pouco de tudo no livro, política, moda, amizade, ação e um amor incondicional entre Maria e Dale. Há um momento na história que toda mulher ficará encantada, mas é um livro para todo mundo. Não vou ficar falando muito para não dar spoiler, mas foi um livro que me emocionou bastante, pois é muito real. Separei um trecho do livro que a própria Maria faz um resumo de toda a história.
“As minhas borboletas já não me davam tréguas e voavam já ao som de (It’s the final countdown). Era tão estranho que a minha vida tivesse dado uma volta tão grande em apenas um ano. Comecei a trabalhar na Fashion, namorei com Alan, o casamento da minha mosqueteira, conhecer o homem da minha vida, começar a namorar com ele, o stress com a Miss Cruella, acabar com ele, começar a namorar de novo, fazer amor com ele pela primeira vez, acabar com ele, começar a namorar de novo, o pedido de casamento, o rapto, o reencontro, a história com Mia e, agora, o grande dia. Era tanta volta que a minha vida tinha dado que, por momentos, as minhas borboletas voavam meio tontas. Realmente, aquilo mais parecia uma novela mexicana bem dramática.”
Como no primeiro livro a história de Maria e sua vida vai sendo acompanhada de muita música. E eu separei um link com todas elas para que vocês possam ler o livro ouvindo as músicas que embalaram a vida de Maria. A dica que dou é que conforme for lendo o livro faça essa experiência de ir ouvindo, a história acaba ficando mais real e você consegue sentir exatamente o que a personagem principal está passando. A música dá um toque muito especial.

 
Também estou deixando aqui uma entrevista que a autora Margarida Pizarro fez a um programa de TV em seu país. Ela conta um pouquinho como foi escrever o livro. Beijinhos e até o próximo post.


5 comentários:

  1. Oi, Gi!
    Ainda não conhecia esse livro. Me parece o tipo de leitura ótima para levantar os pés, relaxar e se emocionar.
    Abraços
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ben.É sim, esse é aquele livro pra se apaixonar. Obrigada pelo comentário. 😚

      Excluir
  2. Respostas
    1. Que bom Peterson. Ótima semana pra ti. Obrigada pelo comentário. 😊

      Excluir
  3. Adorei!
    Parece ser um livro muito fofo!
    Beijos

    ResponderExcluir