Holocausto: passado ou presente? Parte 2

Boa tarde, leitores

Hoje vou continuar com a historia do livro O Colecionador de Lagrimas, de Augusto Cury. O segundo livro da saga sobre o holocausto é Em busca do Sentido da Vida. 
O professor Julio Verne, tão espetacular com sua inteligência sobre a historia e com um alto conhecimento em psicologia é convidado por alguns cientistas e militares em segredo para uma oportunidade de mudar a historia da Segunda Guerra Mundial. Os cientistas criaram uma maquina do tempo onde se poderia voltar ao passado para mudar o rumo da historia, e seu principal alvo era Adolf Hitler. O professor Julio Verne de muito pensar decide então tentar mudar o rumo da historia já que ele mesmo tinha um motivo pessoal para isso. O professor era judeu, e sofreu muito mentalmente com o grande genocídio que ocorreu na Segunda Guerra Mundial. Então Julio Verne entra na maquina do tempo e começa então sua viagem temporal. Chega ao seu destino a grande Alemanha, mas chega a um momento muito tarde, pois a matança dos judeus já havia começado. Tenta fazer o que pode para mudar essa realidade, mas tudo é em vão. Então dias passam e Julio nada consegue fazer e a historia segue seu destino natural. Julio Verne passa por muito sofrimento físico e psicológico, pois todas as suas tentativas de mudar a realidade da historia acaba sendo em vão. Em uma de suas viagens pelo tempo Julio acaba no campo de concentração de Auschwitz, seu pior pesadelo. E nesse ponto da historia que Julio é testado da pior forma possível, vive junto aos muitos judeus sequestrados e colocados lá como animais. É obrigado a trabalhar e passar fome, sede, frio, contrai doenças e começa a definhar. Neste lugar tão horrível Julio conhece pessoas magnificas que acabam ajudando-o a sobreviver neste caos. E mais um milagre ocorre na vida de Julio que consegue sair desse lugar devastador. Então Julio volta muitas vezes para diferentes pontos da historia tentando muda-la, mas todas elas falham. Mas a esperança que Julio tem não muda e ele não desiste. Depois de sua penúltima viagem a que o deixa mais debilitado e devastado, Julio fica cabisbaixo vendo que tudo o que tentara falhara. E então que sua esposa Kate tem uma grande ideia para ajudar seu marido a entender melhor Hitler e tentar voltar na historia quando Hitler ainda é uma criança. A ideia de Kate era para reunir cinco dos melhores psicólogos forenses conhecedores da mente de Hitler para ajudar Julio a ter mais informações sobre o Hitler. Essa ideia acaba dando certo, porem nem todos concordavam com a ideia do professor de querer mudar o pequeno Hitler através da educação. Alguns, como militares que eram, preferiria que o professor mudasse a historia matando o menino Hitler.
Julio volta ao tempo, Hitler é adolescente e já muito rebelde, e mais uma vez o professor falha. Ele então é mandado para um tempo mais atrás, quando Hitler frequentava a escola primaria. Ao procurar a escola em que o pequeno menino estudava, o professor tem uma imensa surpresa, sua esposa Kate vai ao encontro dele através da maquina do tempo. O professor já frustrado pelas suas tentativas acaba percebendo que a melhor maneira é acaba com a vida do pequeno menino, mas Kate faz com ele mude de ideia. Então os dois decidem lecionar na escola, assim poderiam ensinar ao pequeno Hitler que conviver com as diferenças era algo normal e aceitável. E assim eles fazem por alguns dias. Julio então acorda em sua casa no século XXI.
Agora para você saber do final da historia se Julio consegui ou não mudar a historia através dos ensinamentos de um professor, você terá que ler o livro. Mas super-recomendo, pois vale muito a pena ler e aprender uma pouco dessa historia que vez tantos sofrerem e morrem.

"Sem a educação não pensamos como família humana, adoecemos, não protegemos a emoção. Sem educação, outros "Hitlers" seduzirão as massas em nosso século." 
Julio Verne

4 comentários:

  1. Embora essa ideia de mudar o passado através de viagem no tempo não seja algo inédito; o fato de se tratar do horrores do holocausto e tudo o que envolve as tentativas de mudar a história através do Hitler menino e adolescente faz esse livro entrar pra minha lista. Deve ser muito bom. Parabens pela resenha.

    Ta rolando dois sorteios no meu blog. Dá uma passada lá.

    http://atraentemente.blogspot.com.br/2016/05/promocao-todo-dia-e-dia-de-poesia.html

    ResponderExcluir
  2. Holocauato. Foi terrivel.Esse livro interessante.

    ResponderExcluir
  3. Olá Peterson. Com esse livro dá para se aprender muito sobre como podemos com pequenos gestos mudar a humanidade. Obrigada pelo comentário. Abraços!

    ResponderExcluir