Legião Urbana - 30 anos

Boa noite leitores.

Ai vai mais uma biografia clássica do rock. E não podia de deixar de falar sobre eles, já que estão comemorando 30 anos. O que falar de Legião Urbana?! Para muitos é uma das melhores bandas de rock brasileiro e esteve na historia de muitas pessoas. Realmente é uma banda maravilhosa, um clássico. Mas para mim o mais incrível é a historia de sua formação e a historia de vida de Renato Russo. Acho que todo mundo já teve ou está tendo seu momento legião, eu mesma já tive o meu. Mas voltando a historia do livro, Legião Urbana se formou em um dos momentos históricos do nosso país, nada diferente do que estamos passando agora. Parece até mentira, mas todas as músicas criadas por eles falam exatamente o que estamos vivendo hoje, e muitas delas criadas a mais de 30 anos. O que me impressionou mais foi a visão que Renato tinha do nosso país e do mundo, e a coragem de falar sem temer a nada. Todo inicio é difícil e complicado mais Renato nunca desistiu de ter a sua banda e falar sobre o que pensava e sentia. A forma como escrevia as letras de cada musica é fascinante e muito realista. Sua historia passou por altos e baixos, uma vida de drogas, sexo e rock and roll. Infelizmente Renato viveu pouco, mas acredito que viveu intensamente, mesmo com seus receios e duvidas, mas viveu. Um livro para aprender um pouco da vida e historia da Legião Urbana e de como o rock começou em Brasília. Pois nesse historia muitos encontrou ocorreram de grandes bandas de rock do nosso país, como por exemplo o Capital Inicial. Mas não vou me prolongar, pois muitos conhecem um pouco ou muita da história da Legião Urbana, recomendo o livro para quem gosta e quer saber um pouco mais sobre o filho da revolução. E deixo a minha homenagem aos 30 anos da banda e ao retorno dos mesmo.
Vou terminar com trecho do livro onde Renato deixa o seu recado. Essas palavras deixadas por ele, não é muito diferente do que precisamos fazer hoje diante do que estamos passando.
#ficaadica
"No início,  queríamos fazer com que todos se tocassem de tudo, da situação geral, não aceitar de cara as ordens, as ideias e os esquemas. Fizemos isto de coração, e com o coração falamos da nossa cidade, do mundo jovem e das nossas emoções."  
Renato Russo, abril de 1983 

Nenhum comentário:

Postar um comentário