Ícone do Rock

Bom dia leitores

Finalmente conclui o livro do Slash. Uma autobiografia de arrepiar qualquer um, com muitas historias alucinantes, tanto no sentido figurado e real, e polemicas também. O que falar desse que foi e é um dos maiores músicos no mundo do rock?! Por um tempo acompanhei a carreira do Guns N' Roses e o dedilhar da guitarra de Slash. Suas músicas sempre foram um marco para muitas pessoas. Mas ao ler é conhecer a fundo a historia desse cara foi surpreendente. Sua infância foi envolvida com muitas mudanças boas e ruins, aprendeu a se virar sozinho a fazer escolhas certas ou erradas, a perder o medo do incerto, a ir a fundo ao que mais queria. Aprendeu a tocar guitarra praticamente sozinho obtendo um conhecimento de um aqui e outro ali. Desde novo começou a cometer pequenos furtos nas lojas de animais (seu amor por bichos exóticos era incondicional) e de fitas cassetes dos grandes nomes da musica da época. Mas o seu maior furto, e que foi uma surpresa para mim, pois achava que isso era parte de seu figurino, foi a cartola. Sim um belo dia Slash andando pela rua viu em um manequim a cartola, entrou na loja e simplesmente a pegou e saiu, a sorte foi que ninguém veio atrás dele. Desde então sua cartola tem sido sua marca registrada. Bom Slash viveu altos e baixos com seus vícios em drogas, descobriu muita coisa, experimentou muitas e misturou outras também. Passou por períodos de reabilitação, mas sempre teve suas recaídas, quando sua vida não estava como ele gostaria que estivesse. Entre vidas e idas do Guns N' Roses, Slash fez varias participações com outros cantores, participando de clips e trilha sonoras. O cara viveu e abusou da sua vida, até que um belo dia quase morreu, seu coração ficou parado por 8 minutos e então ele teve que aprender a vive com um aparelho para controlar seus batimentos. Slash viveu com muitas mulheres, mas só uma tem seu coração Perla. Com ela Slash teve dois filhos London e Cash. Depois do Guns N' Roses, Slash teve outras duas bandas o Slash's Snakepit e o Velvet Revolver.
Bom se eu continuar aqui não vou parar mais. Se vocês tiverem a oportunidade de lerem o livro, leiam, pois vale muito a pena. Mais uma historia do rock escrita por um roqueiro. Até a próxima!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário